.

DurangoKid celebra suas raízes no clipe “Flow Petrópolis”

Imagem/Divulgação

por Nathália Pandeló Corrêa
Rapper conhecido pelo grupo Gotam Cru e os Curingas, DurangoKid celebra as ruas em que cresceu, oferecendo um novo olhar para o futuro de uma cidade renomada por sua ligação com o passado. “Flow Petrópolis” antecipa “DKMERON - Delírios Distópicos”, álbum onde faz uma ponte entre o Brasil de 2021 e a Europa de Giovanni Boccaccio e seu livro “Decamerão” (1353). A faixa está disponível em todas as plataformas de música digital e ganha um clipe.“A música apresenta as ruas de Petrópolis pela minha visão, de quem foi criado combatendo os paradigmas estéticos e sociais de uma cidade influente na política e cultura brasileira. A letra fala dessas situações de subversão, rebeldia e ambições artísticas”, resume o artista, cujas rimas dialogam com a batida forte e grave e com as melodias de influências latinas.
O novo trabalho virá para coroar uma trajetória que já chama atenção no cenário do rap fluminense. Natural da gelada cidade na serra e atuante no meio musical desde 2004, o rapper ganhou projeção em batalhas de destaque regional e nacional. Agora, DurangoKid se une ao pianista e arranjador Guimo Mota em seu trabalho mais ousado até hoje. A abordagem instrumental e de beats foi totalmente repaginada e o conteúdo das letras vai de momentos egocêntricos e sensuais como o primeiro single “Liricanalha” até questões que refletem os tempos atuais em um conceito social, cultural e político.
O pontapé inicial veio em maio de 2020, em meio ao isolamento provocado pela pandemia de Covid-19. Influenciado por beatmakers da atualidade, mas sem perder as referências de décadas passadas, Durango compôs as letras sobre os temas instrumentais criados por Guimo, uma parceria que já dava certo na direção artística do Gotam Cru e os Curingas.
O disco, como o livro, trará as ebulições humanas agravadas por situações de risco, confinamento e alteração de perspectivas sociais, abordadas de forma descontraída e ácida, características que o rap tem por essência. A primeira encarnação de “DKMERON - Delírios Distópicos” foi apresentada na live “Prólogo DKMERON - Uma Epifania Digital”, onde DurangoKid mostrou canções inéditas e destaques da sua discografia.
Agora, DurangoKid abarca muitas outras referências em seu novo disco, indo do rap e trap ao funk e reggaeton. “Flow Petrópolis” tem mixagem de Pigmalião, DJ e produtor do selo Frente Bolivarista, e masterização do produtor Darrel Bell, da DBLAgency, na Holanda, e chega às principais plataformas. O clipe está disponível no canal do YouTube do artista.

Comentários